Vamos arregaçar as mangas!

Caros irmãos congregados e amigos da Congregação Mariana, Salve Maria! A Congregação Mariana da Anunciação está iniciando mais uma etapa em sua jornada. Coube a mim, desta vez, receber a responsabilidade da presidência. Recebo-o com alegria e tremor. Alegria pela confiança em mim depositada e oportunidade de estar fazendo algum bem pela Congregação. Tremor por reconhecer em mim muitas e variadas limitações. Dois objetivos que me veem a mente neste momento, entre tantos que poderiam ser listados, são, primeiramente, fazer com que nossas atividades internas possam com ainda mais eficácia contribuir para nossa santificação pessoal, de modo que seja afastado aquela frieza e indiferença fruto do “cair na rotina”, um grande mal que espreita qualquer pastoral, movimento ou associação da Igreja. A Congregação Mariana é uma grande riqueza para todos aqueles que se dispõem, cada um no seu estado de vida, a explorá-la. Em segundo lugar, cabe encontrarmos algum trabalho apostólico regular em paralelo às nossas reuniões ordinárias e os eventuais auxílios que prestamos em eventos paroquiais. Nossa Congregação já foi pujante de atividades no passado. A passagem do tempo nos reduziu em número e o peso da idade se impõe. Entretanto, é possível fazermos algo a respeito, se quisermos. Se quisermos, podemos fazer coisas novas, à luz de nossa Regra de Vida, coisas estas que não são grandiosas, portentosas, mas ações simples, porém de grande valor. Conversemos sobre isso. Compartilho estas coisas também com vocês que não são de nossa Congregação, a fim de que sejam motivados à ação em seus grupos também. Muitos agradecimentos teria a fazer a tantas pessoas. Agradeço a todos, a cada um que compõem o atual grupo de nossa Congregação, sintam-se abraçados por mim. Tenho agradecimentos póstumos a fazer também, a pessoas cuja dedicação é a razão de eu estar aqui hoje. Mas vejo necessidade de agradecer nominalmente aqui, como membro da nova Diretoria, à Diretoria anterior, na pessoa de Antônio Fernandes Ribeiro Junior, nosso Toninho, cujo apoio, incentivo e amizade foram e são muito importantes, e ao Osmar Novoa, presidente anterior, já falecido, do qual tive oportunidade de ter muitas edificantes conversas e que guardarei na memória para sempre. Vamos arregaçar as mangas, ainda que os braços estejam curtos e os cotovelos doloridos. E dediquemos tempo à oração diária, pedindo àquela que é chamada Torre de Marfim, pura e forte, Nossa amada Senhora do Céu, que nos coloque à sua sombra e lute por nós e por meio de nós. Salve Maria!
José Renato Leal

Fonte: A Alvorada - abr/2014
Share on Google Plus

Sobre os comentários no site da Congregação Mariana da Anunciação - Santos - SP

Caso deseje comentar, utilize a caixa de comentários do Facebook, logo abaixo. Não serão permitidos comentários ofensivos ou contrários à fé católica. Salve Maria!
    Blogger Comment
    Facebook Comment