Campanha da Reza do Terço

Ajude-nos a divulgar, com muito amor e fé, 
tão importante devoção Mariana.

Nos dias de hoje, mas desde o ano de 1968, em que idealizamos a CAMPANHA DA REZA DO TERÇO PELA FAMÍLIA, com o prestígio do Padre Paulo José de Souza, modesta, mas vitoriosa, através da oferta de Terços e livretos (63.850), Selos (403.500) e Adesivos 15.125, volantes 15.000 com mesma figura, mapa do Brasil tendo como contorno o terço e o lema: A CRISTO POR MARIA PELA FAMÍLIA UNIDA, campanha que não só ultrapassou nosso estado, como o exterior, para onde, especificamente África do Sul, remetemos 5.000 terços, selos e adesivos. Hoje a campanha mudou seu lema para "A CRISTO POR MARIA PELO BEM DO BRASIL".

Registre-se que essa campanha da reza do TERÇO pela FAMÍLIA, em época passada, sob o comando do Padre Peytton, nos EEUU, então com ampla repercussão, foi introduzida em nossa cidade, pelo nosso diretor, Padre Waldomiro Alvarenga, SJ, no período entre 1948/1953, pelo microfone da PRB4, Rádio Clube de Santos, instalado na capela de nossa séde social, diariamente, às 18 horas, rezava o TERÇO, sempre com um grupo de pessoas, nessa intenção.
Com a valiosíssima intercessão de Maria Santíssima junto ao Seu Divino Filho, temos certeza de que em breve o Brasil ficará livre das drogas, da corrupção e de tantos outros males que infelicitam de seu povo.

Recentemente, a Congregação alterou o lema da Campanha para "A CRISTO POR MARIA PELO BEM DO BRASIL", com o intuito de que possamos clamar a proteção divina sobre o povo brasileiro que tem testemunhado todo tipo de violência e o descaso e a corrupção na política.



Nossa Campanha não tem outro fim senão levar a todos os lugares a prática da reza do terço em família, isto quer dizer que não tem nenhuma finalidade lucrativa. O único custo é o de envio, que varia de acordo com a localidade. Para saber mais sobre como seu grupo, apostolado, movimento ou paróquia podem participar desta campanha, mande-nos um e-mail ou ligue-nos. As informações de contato estão na guia "Fale Conosco".



Em favor da família

Por Osmar Novoa
Atual presidente da Congregação Mariana da Anunciação
Publicado no jornal A Tribuna (Santos/SP) em 26/07/2000

Desejamos, inicialmente, cumprimentar o dr. João Antonio Rechtenwald por seu artigo em favor da família, e o fazemos, com sincera satisfação, ao saber que não estamos sozinhos nesse apostolado.
Realmente, é inadmissível que em um país essencialmente cristão, como é o Brasil, esteja ocorrendo tanto desregramento moral: é a violência que tem como seus autores, em um número assustador e em escala crescente, adolescentes que estão se entregando ao consumo e tráfico de drogas; é a corrupção em vários setores do serviço público que, diante da decepcionante impunidade, se constitui num incentivo à sua prática; é a televisão, desvirtuada de sua nobre função, a jogar para dentro dos lares cenas de violência, verdadeiras escolas para o crime, de infidelidade conjugal tida como se fosse normal, e até de sexo explícito!
A razão dessa verdadeira imundície é porque os homens já não trazem mais Deus em seu coração. Observa-se, com tristeza, que o conceito de moral não está sendo levado a sério. Relegam a um plano secundário o ético, o espiritual, o moral quando, prioritariamente, deveria ser o escopo de toda criatura. Para muitos dos que pela posição que ocupam, deveriam dar o bom exemplo, lamentavelmente o Decálogo (Dez Mandamentos da Lei de Deus), de há muito se constituiu em letra morta. Preocupam-se mais em ter do que em ser.
As pessoas de boa formação, por certo, não se conformam com essa podridão que diariamente é noticiada pelos vários meios de comunicação. Todavia, de nada adianta lamentar e criticar essa situação se ficarmos comodamente de braços cruzados a dizer “nada posso fazer; cabe ao Governo tomar as necessárias providências, pois, para isto, pago meus impostos”.
Façamos, porém, a nossa parte, e a melhor arma para pacificamente combater o mal é, inegavelmente, através da oração fervorosa à Maria Santíssima, Rainha do Lar, para que interceda junto ao seu Divino Filho Jesus Cristo, nosso Deus e Redentor, para que os habitantes deste nosso Brasil passem a cumprir o Mandamento que Ele deixou a todos nós: “Que vos ameis uns aos outros como eu vos amei” (João XV, 12).
Já em 1968, em conversa mantida com nosso querido amigo Manoel Lourenço das Neves – exemplar chefe de família, modelo perfeito de verdadeiro cristão e dinâmico e abnegado provedor da Santa Casa de Misericórdia de Santos – comentávamos sobre toda essa turbulência que ameaçava, e hoje mais intensamente, a estrutura da família e, portanto, da sociedade. Concordamos os dois que era imprescindível fazer algo pela família.
Tendo presente a recomendação de Nossa Senhora quando, em Fátima, Portugal, apareceu aos três pastorinhos, disse-lhes: “Rezem o Terço todos os dias, para alcançar a paz do mundo”, e considerando ser a família a “cellula mater da nacionalidade”, concluímos que o mal teria que ser combatido através da família. Nasceu, aí, a idéia de se lançar a Campanha da Reza do Terço pela Família.
O símbolo da campanha é constituído de um selo contendo o mapa do Brasil cujo contorno é formado pelo Terço, tendo em seu centro o apelo aos cristãos: A Cristo por Maria pela Família Unida, pois, em um lar onde, pelo menos, um de seus integrantes reza o Terço – poderosa devoção Mariana – não há lugar para o consumo e tráfico de drogas, prática de corrupção, abortos e tantos outros males hodiernos. Para a divulgação da campanha também usamos um adesivo (reprodução do selo), para ser colado em veículos, vitrinas etc. Levada a idéia à diretoria da Congregação Mariana da Anunciação, da qual fazemos parte desde 1939, foi a mesma imediatamente aprovada.
A Campanhia da reza do Terço pela Família, apesar de modesta, já se tornou vitoriosa tendo em vista sua confortadora aceitação por todos os que dela tomam conhecimento, a qual não só atende a recomendação de Nossa Senhora, como ainda a de SS. o Papa João Paulo II, em um de seus magistrais pronunciamentos: “A salvação do mundo passa pela família”.
O Selo Mariano, como nós congregados marianos denominamos o selo da campanha e que deve ser colado abaixo do do Correio, em número superior a 350 mil já percorreu o Brasil de Norte a Sul e de Leste a Oeste, através da correspondência de nossos colaboradores.
Nos meses essencialmente marianos, como maio e outubro (mês do Rosário), faz-se uma maior divulgação da campanha. Os terços, acondicionados em saquinhos plásticos, junto com um folheto explicativo como rezá-lo, uma cartela de selos e um adesivo, são distribuídos em igrejas, asilos, hospitais, escolas etc. Já foram distribuídos mais de 21 mil terços, e recentemente, adquirimos mais 110 grosas para atender aos constantes pedidos que nos são feitos.
As pessoas que quiserem aderir à Campanha da Reza do Terço pela Família, basta enviarem seus pedidos, por escrito, à Congregação Mariana da Anunciação, com sede na Avenida Bartolomeu de Gusmão, 114, Bairro Aparecida, CEP 11045-401, identificando-se e informando a quantidade de selos e de adesivos que precisam que, na medida do possível, ser-lhes-ão fornecidos gratuitamente.
Os congregados marianos fazem um veemente apelo a todas as pessoas de bem, independentemente de crença, filosofia ou cor partidária: unamo-nos sob as bênçãos de Deus e a proteção de Maria Santíssima, numa verdadeira cruzada pela moralização dos costumes, objetivando a tranqüilidade e felicidade nossa, de nossos filhos e netos.




 
    Blogger Comment
    Facebook Comment