Vocação... um chamado...

Pe. Pedro Canísio Melchert, sj

Santista, vocacionado do Santuário do Coração de Jesus em Santos, SP

MINHA VOCAÇÃO - 50 anos de sacerdócio


Vocação, em geral, é um chamado. Vocação ao sacerdócio é um chamado específico:“ Jo 12,26: “Se alguém quer servir-me, siga-me ...E largando tudo eles o seguiram”. Vocação à vida religiosa é outro chamado específico: lembra aquele dia em que Jesus fitando o jovem nos olhos com grande amor lhe fez o convite: “ Uma coisa te falta: vai, vende o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me! ”

Como foi o meu chamado ao sacerdócio? Naturalmente para se ouvir a voz de Deus que fala ao coração é preciso estar envolvido por um ambiente que permita a escuta. No meu caso posso dizer que foram dois elementos fundamentais na minha infância: um, a minha mãe, zeladora do Sagrado Coração de Jesus no Santuário do Coração de Jesus que freqüentava, em Santos, que sempre me levava para as missas e os diversos atos de piedade; outro, o meu engajamento na Cruzada Eucarística e no grupo dos coroinhas.


Como foi o meu chamado para a vida religiosa? O chamado para a vida religiosa na Companhia de Jesus foi feito pelos padres jesuítas que dirigiam o Santuário e que me encaminharam para o seminário menor conhecido como Aloisianum, no Rio, quando eu tinha 12 anos. Durante 5 anos freqüentei o Colégio Santo Inácio como Aloisiano e em 1947 entrei para o Noviciado em Nova Friburgo. Em Nova Friburgo fiz os meus dois anos de noviciado (com os primeiros votos no final do segundo ano), dois de juniorado, três de filosofia e quatro de Magistério na Escola Apostólica. Acabado o Magistério fui enviado para a Teologia nos Estados Unidos, em Weston College, nosso Escolasticado perto de Boston, e lá fui ordenado sacerdote no dia 18 de junho de 1960.

Voltei ao Brasil para fazer a Terceira Provação em Volta Redonda, após a qual exerci os cargos de Diretor do Aloisianum, Diretor de Pastoral no Colégio Santo Inácio, no Rio de Janeiro, Diretor Geral do Colégio Anchieta de Nova Friburgo, Diretor do Programa em Língua Portuguesa da Radio Vaticana, em Roma e exerci a função de pároco da paróquia São Luís Gonzaga, na Avenida Paulista, São Paulo por 19 anos. Atualmente trabalho no Colégio Santo Inácio como Orientador Espiritual da 3ª.Série do Ensino Médio, Orientador Espiritual do Encontro de Pais com Cristo e Diretor Arquidiocesano do Apostolado da Oração no Rio de Janeiro.

Só posso dizer que todos estes anos de sacerdócio e de atividades na Companhia de Jesus foram anos de intensa alegria e realização pessoal e religiosa. Tive a graça de nunca ter posto em dúvida nem o meu sacerdócio nem minha opção pela Companhia de Jesus e de ter dado o máximo em todas as missões a mim confiadas pela mesma Companhia. Hoje, do alto dos meus 50 anos de sacerdócio, olho para traz e contemplo com felicidade e humildade tantas almas que pude orientar e dirigir, muitas das quais ainda posso encontrar dar um abraço muito carinhoso.

O Pe. Hebert Salvador de Lima, escritor e poeta jesuíta, dizia num dos seus versos: “Não importa quantos anos você viveu até agora. O importante é saber se ainda existe flor em sua vida: Fé. Esperança, Amor, Alegria, OTIMISMO. O importante é saber se está contribuindo para tornar o mundo mais feliz ao seu redor!” Quanto a isso, SÓ VOCÊS PODEM RESPONDER. Mas quanto ao se existe ainda Fé, Amor, Alegria, Otimismo, ISTO EU POSSO RESPONDER!

UM CRISTÃO OTIMISTA NÃO OLHA PARA OS ANOS QUE PASSARAM, MAS PARA OS ANOS QUE AINDA HÃO DE VIR. NÃO OLHA PARA O QUE ELE CONSTRUIU – OU DEIXOU DE CONSTUIR – MAS PARA O QUE AINDA TEM A CONSTRUIR. NÃO LAMENTA, MAS AGRADECE. NÃO OLHA PARA O MUNDO QUE VAI DEIXANDO PARA TRÁS, MAS PARA A PÁTRIA CELESTE DA QUAL VAI CONQUISTANDO NA FRENTE! É por isso que hoje eu queria convidá-los a transformar, comigo, a Eucaristia naquilo que ela realmente é: UM GRANDE HINO DE AÇÃO DE GRAÇAS:

- PELO DOM DA VIDA: Uma vida que Deus me deu há 80 anos atrás e que foi um gesto do amor Dele e, ao mesmo tempo, um convite para continuar a caminhada rumo ao seu reino.
- PELA FAMÍLIA NA QUAL NASCI: Meu pai, minha mãe e meus irmãos que me ajudaram na caminhada.
- PELA VOCAÇÃO ao sacerdócio e à Companhia de Jesus.
- PELOS AMIGOS. Jesus disse no Sermão da Montanha: “Não ajunteis para vós tesouros na terra onde a traça e o caruncho os destroem e os ladrões arrombam e roubam, mas ajuntai para vós tesouros nos céus onde nem a traça, nem o caruncho destroem e onde os ladrões não arrombam nem roubam! QUE TESOUROS SÃO ESTES? SÃO OS AMIGOS....Ou seja: VOCÊS SÃO A MINHA RIQUEZA.

Há um filme famoso intitulado MR. HOLLAND ADORÁVEL PROFESSOR. Trata-se de um professor de música numa escola americana que ensinava a tocar instrumentos de uma orquestra e sonhava em compor uma sinfonia. Com o passar dos anos foi aposentado por motivos de economia por parte da escola. Estava saindo da escola, muito triste, carregando seus livros e pastas, quando ouve uma cantoria vindo do teatro. Curioso vai saber o que estava acontecendo. Quando entra, a festa surpresa: todos os alunos e professores queriam prestar-lhe uma homenagem. Aplausos efusivos. Quando se senta, entra a governadora do Estado, sua ex-aluna, e pronuncia um belíssimo discurso. Diz, entre outras coisas:

"Mr Holland influenciou profundamente minha família e muitas vidas, eu sei. Contudo, acho que ele considerava que grande parte da sua própria vida foi em vão. Diziam que estava sempre compondo uma SINFONIA que ia deixá-lo rico e famoso. Talvez os dois. Mas Mr Holland não é rico e nem famoso. Pelo menos fora da nossa cidadezinha. Deve ser fácil para ele considerar-se um fracasso. Mas está enganado! Porque alcançou um sucesso além da riqueza e da fama. Olhe à sua volta. Não há uma vida aqui que o senhor não tenha influenciado. E cada um de nós é um ser humano melhor por sua causa. Nós somos a sua SINFONIA! Somos a melodia e as notas do seu “OPUS”. E somos a música de sua vida."!

Concluo dizendo que durante a minha vida como sacerdote jesuíta também compus uma sinfonia, composta não de notas individuais, mas de acordes, de uma harmonia de notas que foram vocês que estão aqui presentes nesta celebração de Ação de Graças e todos os que, desde criança, passaram e continuam a passar pela minha vida!
Share on Google Plus

Sobre os comentários no site da Congregação Mariana da Anunciação - Santos - SP

Caso deseje comentar, utilize a caixa de comentários do Facebook, logo abaixo. Não serão permitidos comentários ofensivos ou contrários à fé católica. Salve Maria!
    Blogger Comment
    Facebook Comment