Tarde te amei!


Tarde Te amei, oh Beleza tão antiga e tão nova !
Tarde demais eu Te amei !...
Eis que estavas dentro e eu, fora.
E fora Te buscava e lançava-me, disforme
e nada belo, ante a beleza de tudo e todos que criaste.


Estavas comigo e não eu Contigo...
Seguravam-me longe de Ti as coisas
que não existiriam senão em Ti.
Chamaste, clamaste por mim
e rompeste minha surdez.

Brilhaste, resplandeceste
e Tua Luz afugentou minha cegueira.
Exalaste Teu Perfume e respirando-o,
suspirei por Ti, Te desejei.

Eu Te provei,Te saboreei,
e agora tenho fome e sede de Ti.
Tocaste-me e agora estou
ardendo em desejos por Tua Paz !


Santo Agostinho, Confissões 10,27-29
Share on Google Plus

Sobre os comentários no site da Congregação Mariana da Anunciação - Santos - SP

Caso deseje comentar, utilize a caixa de comentários do Facebook, logo abaixo. Não serão permitidos comentários ofensivos ou contrários à fé católica. Salve Maria!
    Blogger Comment
    Facebook Comment